O CAMINHO DE CAIM


TRÊS CAMINHOS PERIGOSOS


Judas 1:11

Ai deles! Porque prosseguiram pelo caminho de Caim, e, movidos de ganância, se precipitaram no erro de Balaão, e pereceram na revolta de Corá.


Falaremos sobre três caminhos perigosos baseados em Judas 1:11.

Esta mensagem será dividida em três partes.


1 - O CAMINHO DE CAIM


Hebreus 11:4

PELA FÉ, Abel ofereceu a Deus MAIS EXCELENTE SACRIFÍCIO do que Caim; pelo qual obteve testemunho de SER JUSTO, tendo a APROVAÇÃO DE DEUS quanto às suas ofertas. Por meio dela (da oferta de Abel), também mesmo depois de morto, AINDA FALA.


Para entendermos o caminho errado de Caim, vejamos o caminho certo de Abel, seu irmão.


A Bíblia diz que “PELA FÉ, Abel ofereceu a Deus MAIS EXCELENTE sacrifício…”. Vemos aqui o primeiro ponto e a ação de Abel, “pela fé”. De acordo com Hebreus 11:6, a Bíblia diz que “sem fé é impossível agradar a Deus”. Isso quer dizer que Deus já trouxe um grande destaque à vida de Abel, “pela fé”. Ofertar, dizimar, congregar, entre outras ações sem fé não há como agradarmos a Deus. Não basta APENAS ofertar, mas devemos fazê-lo baseado nos princípios de Deus, pela fé! Não podemos oferecer algo a Deus por causa de medo, perda, escassez etc. Ofertamos, porque amamos a Deus e confiamos Nele! Esse foi o primeiro passo de Abel, “pela fé”. Agora, olhando para Caim, não há registro de que ele tenha oferecido a Deus “pela fé”. Não encontramos na galeria da fé (de Hebreus 11) registro “pela fé Caim…”.


A segunda palavra que se destaca é “EXCELÊNCIA”. Se observarmos, não está escrito que Caim ofereceu uma oferta sem excelência, mas que Abel ofereceu MAIS EXCELENTE sacrifício. Provavelmente, Caim tenha oferecido a Deus uma oferta excelente, mas não DE FORMA excelente. É possível ofertar grandes valores no Reino, e isso é excelente, mas o coração pode não ser excelente! Então não basta apenas dar o melhor a Deus “por fora”, mas principalmente, em primeiro lugar, deve ser dado com excelência “por dentro”. Excelência é fazer o melhor que se pode, em TODOS os aspectos, com o que você é e tem. E, quando agimos assim com Deus, não incluímos apenas uma oferta excelente, mas, antes disso, UM EXCELENTE SACRIFÍCIO em nosso ser, ou seja, oferecemos a Deus o nosso coração, nossa alma e nosso corpo. Em Romanos 12:1, o apóstolo Paulo fala sobre isto: “ofereça vosso corpo POR SACRIFÍCIO…”. Isso significa que a oferta espiritual não nasce da carne, da motivação errada, da inveja, da soberba e afins, mas de um coração puro. Portanto vemos três pontos importantes no coração de Abel que não havia em Caim: fé, excelência e sacrifício. Algo semelhante ocorre na história da oferta da viúva pobre. Essa mulher não só era viúva, como era pobre; porém, mesmo em meio à sua perda e pobreza, ela decidiu congregar e oferecer a Deus uma oferta de “MAIS EXCELENTE SACRIFÍCIO”. Ela deu tudo!


Marcos 12:43-44

43- E, chamando os seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta viúva pobre depositou no gazofilácio mais do que o fizeram todos os ofertantes.

44- Porque todos eles ofertaram do que lhes sobrava; ela, porém, da sua pobreza deu tudo quanto possuía, todo o seu sustento.


Então observe que o ciúme e a ira de Caim não nasceram por causa de Abel. O coração de Caim é exposto diante do Senhor, que o reprova.

Veja:


Gênesis 4:5-7

5- ao passo que DE CAIM e DE SUA OFERTA não se agradou. Irou-se, pois, sobremaneira, Caim, e descaiu-lhe o semblante.

6- Então, lhe disse o SENHOR: POR QUE ANDAS IRADO, e por que descaiu o teu semblante?

7- Se PROCEDERES BEM, não é certo que serás aceito? Se, todavia, procederes mal, eis que o pecado jaz à porta; o seu desejo será contra ti, mas a ti cumpre dominá-lo.


Em síntese, os filhos de Deus precisam tomar muito cuidado para não viverem de qualquer forma, sem uma vida de fé, sem excelência e sacrifício a Deus e, em consequência disso, acabarem provando resultados ruins, uma vida infrutífera de reprovação diante de Deus. Ou ainda ir além e culpar os outros, assassinar os irmãos que estão vivendo a prosperidade do Senhor. Como assim assassinar os irmãos? Se não andamos em amor com os nossos irmãos, somos assassinos, porque “matamos” a comunhão, os relacionamentos, as influências de bons irmãos, famílias etc. Diante de tudo isso, advirto-os:

“Não andem pelo caminho de Caim.”


1 João 3:11-12

11- Porque a mensagem que ouvistes desde o princípio é esta: que nos amemos uns aos outros;

12-não segundo Caim, que era do Maligno e assassinou a seu irmão; e por que o assassinou? Porque as suas obras eram más, e as de seu irmão, justas.


Seja como Abel, e não como Caim.

88 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo