TESOUROS NO CÉU

Atualizado: 7 de jun.


Por Eliezer Rodrigues

Mateus 6:19-21

19-Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam;

20-mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam;

21-porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.

Se meditarmos bem nesse texto, podemos perceber que Jesus não está falando contra as riquezas; mas, o acúmulo delas. De fato, a essência da palavra “acúmulo” está ligada ao entendimento de “AVAREZA”, que é "acumular somente para si". Observe que Jesus NÃO DISSE “Não tenhas tesouros…”. Ele disse “Não acumuleis PARA VÓS outros tesouros…”. A ideia de acumular “tesouros no céu” é exatamente oposta, é a prática da generosidade, de fazer o bem aqui na terra com os “tesouros” que acumulamos, ou seja, a ideia de Deus é acumular, poupar, enriquecer com um propósito mais amplo, e não baseado em mesquinhez, em amor às riquezas.

Em Lucas 12:13-21, por meio de uma parábola de um homem que acumulava riquezas para si, Jesus reprova a avareza. Esse homem havia acumulado tantas riquezas, mais tantas riquezas, que Deus chamou-o de “LOUCO"! O ensino de Jesus nesse contexto é:

"Para qual propósito juntar tantas riquezas na terra, e não ter nada nos céus?"

Já sabemos que não somos salvos pelas boas obras. Porém, uma vez que nascemos de novo em Cristo Jesus, nosso coração deve ser totalmente de Deus! De fato, ou Deus está acima das riquezas ou as riquezas estão acima de Deus. E como sabermos se as riquezas estão nos governando ou não? A resposta vem pela avareza ou pela generosidade. Onde existe avareza, existe domínio das riquezas. Onde existe generosidade, existe o fluir da liberdade do amor de Cristo. Jesus disse:

“Onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração.”

Outra passagem clássica é esta:

Mateus 6:24

Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.

Um dos únicos textos em que Jesus explicitamente chama as riquezas de “senhor”. Por quê? De fato, quando amamos mais as riquezas, Nosso Deus fica em segundo plano, isto é, passamos a ser servos das riquezas em vez de sermos “senhores das riquezas” enquanto Deus é o Nosso Senhor!

Jesus diz: "Não podeis servir a Deus e às riquezas…”. Veja que, mais uma vez, Jesus está dizendo que NÃO É PECADO ou errado ter riquezas. O pecado está em tornar as riquezas nosso senhor, colocando-as acima do Nosso Deus. A generosidade mostra às riquezas que elas são nossas servas, que somos senhores sobre elas, e que Deus é o Nosso Senhor e nossa maior riqueza.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Por Ap. Eliezer Rodrigues Mateus 26:36-39 36-Em seguida, foi Jesus com eles a um lugar chamado Getsêmani e disse a seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar; 37-e, levando consigo a